domingo, 26 de fevereiro de 2017

A Ilusão Aparecendo Como “Tempo”!






Não seja saudosista! Não creia que “recordar é viver”! Sejam quais forem as imagens temporais do passado, boas ou más, eram somente quadros finitos! Ilusões desconhecidas da Verdade! 

Viva unicamente o AGORA! 

Assuma ter a Mente que percebe o Agora! 

A mente que enxerga quadros temporais é ilusória: não é nem nunca foi a sua!

Não despreze o AGORA perfeito recordando supostas imagens boas do passado! Isto é estar “morto” para o Agora Perfeito! Não há “boas recordações” que mereçam anular o que DEUS FAZ AGORA!

A humanidade precisa levar a sério a Verdade revelada; SOMENTE O AGORA É REALIDADE! 

Aquele que vive do suposto “bem do passado”, ou aquele que não se solta do suposto “mal do passado”, ambos estão unicamente “revivendo a ilusão”. 

A Bíblia diz: “Eis que EU renovo todas as coisas”!

Chama-nos a atenção para O AGORA INFINITO que estamos vivendo!

Quando VOCÊ vive afinado com o AGORA, observando a Oniação de Deus sendo a sua real atividade, e, igualmente, a real atividade universal, VOCÊ, DEUS E O AGORA estarão unificados,  sendo a UNIDADE EM EXPRESSÃO! E é quando não há mais “eles” nem “elas”, nem “ontem” nem “amanhã”! 

Há unicamente “EU”! O “EU UNIVERSAL PERFEITO, SENDO O SEU AGORA E SENDO VOCÊ VIVENDO O AGORA!

Jesus citou como “exemplo de vida” os pássaros no céu e os lírios no campo! Nenhum vive “passado” ou “futuro”! 

Aos olhos da mente carnal, eles vivem o “presente”; porém, eles todos, assim como nós, vivem, na verdade,  O AGORA! O REINO DE DEUS! A REALIDADE ETERNA!

Jesus estava mostrando DEUS como a Vida real dos pássaros e dos lírios! 

Assim como estava mostrando DEUS como a VIDA REAL de nós todos! Jamais daria “exemplos” que fossem do “mundo do pai da mentira”!

Há pessoas que dizem estudar a Verdade, mas que são verdadeiros “antiquários ambulantes”! 
O discurso é sempre ligado ao que “já passou”!
“Antigamente é que era bom!”; “Ah, se eu pudesse voltar àquela época boa…!”, e por aí vai! Há também as que “vivem no futuro”, sempre falando de seus planos e do que pretendem fazer! Nenhuma está prestando a atenção no AGORA! Assim agindo, a última coisa que estarão percebendo, é que DEUS CONSTITUI A TOTALIDADE DELAS,  AGORA! 

Desse modo, com a “ilusão aparecendo como tempo”, vivem “momento nenhum”, uma vez que estão fora do AGORA, e presas a passado ou a futuro que são INEXISTÊNCIAS!

“Basta a cada dia o seu cuidado”, disse Jesus! 

E este cuidado é um só: VOCÊ, EXATAMENTE AGORA, ESTAR CONSCIENTE DE QUE “DEUS VIVENDO”, É QUEM VOCÊ AGORA É! 

Portanto, ‘VIVER O AGORA” significa PERCEBER DEUS SENDO VOCÊ! SUA VIDA! SUA MENTE! SEU ESPÍRITO! SEU CORPO, SUA TOTALIDADE! DEUS É TUDO! 


VIVA, PORTANTO, UNICAMENTE O AGORA!








Gratidão ao meu amigo Dárcio


sábado, 25 de fevereiro de 2017

A ILUSÃO APARECENDO COMO CURA DO SUPOSTO CORPO CARNAL







Praticar a Verdade significa SER A VERDADE e VIVER NA VERDADE. Isto quer dizer estar consciente de que, como DEUS É TUDO, DEUS É O CRISTO QUE SOMOS E DEUS É O SOLO SANTO EM QUE PISAMOS. É a partir desse ponto de vista que a ILUSÃO deixa de ser vista como realidade.

Em todas as épocas, o mundo se mostrou maravilhado com os “sinais” positivos da ação da Verdade captados pelos sentidos humanos. 

O ensinamento absoluto nos deixa maravilhados com a Verdade em SI, ou seja, pela Presença perfeita e permanente que somos, vivendo como Luz na Luz Onisciente infinita que Deus, como Universo de Luz, agora É!

A Substância única em expressão é Perfeição; porém, é Substância divina espiritual e não material. 

DEUS É ESPÍRITO, E COMO DEUS É TUDO, TUDO É SUBSTÂNCIA ESPIRITUAL ETERNA E PERFEITA. 

NÃO EXISTE MATÉRIA!

Esta é a Verdade Absoluta pregada pelos mensageiros de todos os tempos! 

Os “sinais” nunca foram o FOCO! São eles uma ILUSÃO! 

É comum encontrarmos relatos de cura em literatura metafísica e em conversas de estudantes da Verdade; porém, a ênfase costuma ser dada às “aparências” de melhorias e curas, e não ao CRISTO EM DEUS que eles são!

Isto porque a visão empregada continuou sendo a da “mente carnal”, que não foi o “agente de cura”. 

O fato que promoveu a “melhoria” ou a “cura” foi A PRESENÇA RECONHECIDA DO CRISTO PERFEITO! 

Feito o “reconhecimento”, a chamada “aparência” pôde se mostrar “melhorada” ou “curada”, por ser mera “sombra” projetada na suposta “percepção humana”.

VOCÊ, AQUI E AGORA, É O CRISTO PERFEITO “OCULTO EM DEUS”!
Jamais esteve em “mundo de aparências”! 

Desse modo, caso estude a Verdade, não deve se deixar levar pela ILUSÃO DE DOENÇAS E CURAS! 

O FOCO É DEUS, SUBSTÂNCIA PERFEITA ONIPRESENTE QUE SE EVIDENCIA COMO UNIVERSO DE LUZ E COMO CORPO DE LUZ! 

POR ISSO O FOCO É A PERMANÊNCIA DA PERFEIÇÃO E JAMAIS “APARÊNCIAS” DE MELHORIAS OU CURAS!

Os relatos de curas podem e devem ser feitos, mas com o FOCO NA VERDADE, e nunca em SINAIS! 

OS RELATOS devem ser feitos para que “se maravilhe” aquele que se acha do mundo, para servir-lhe de incentivo para “conhecer a Verdade”. Jesus dizia: “Se não creem em mim, creiam ao menos em minhas obras”. Sua intenção nunca era a de mostrar “matéria curada”, e sim A LUZ QUE SOMOS! O CRISTO UM COM O PAI! Este é o FOCO do ensinamento absoluto no tocante às chamadas “curas”!

Quem estuda a Verdade não pode querer viver em “aparências” da ILUSÃO! 

Muitos autores fazem seus leitores levar uma vida no referencial ilusório da matéria. Não há nisso o menor cabimento! Em vez de DEUS SER RECONHECIDO COMO TUDO, DEUS FICA SENDO “SERVO DE SERES HUMANOS”! 

E, QUEM PERDE COM ISSO, NÃO É DEUS, MAS O QUE CONTINUA SE VENDO COMO “CARNAL” A VIDA TODA, MESMO LENDO, EM TAIS ENSINAMENTOS, QUE DEUS É TUDO!

Assuma e “contemple” os Fatos eternos:
TENHO A MENTE DE CRISTO! DEUS É O CRISTO QUE EU SOU; O SOLO EM QUE PISO É SOLO SAGRADO!






sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

A Ilusão Aparecendo Como “Planos Existenciais”


“Casta de demônios”, que só se expulsa com jejum e oração, é o tipo de crença falsa arraigada como verdadeira, sempre bem apoiada pela lógica da “cegueira humana”. 

Esta mente falsa consegue iludir a maioria que, mesmo tendo revelações absolutas do que é genuíno, eterno, espiritual e divino, continua endossando suas falsidades como se elas, de fato, tivessem qualquer consistência.

Se perguntarmos a alguém se ele acredita em “planos de existência”, é quase certo que dirá que sim! 

Se dissermos que “as gerações” que passaram por aqui devem ter migrado a outros “planos de existência”, esta colocação também deverá ser bem recebida pela maioria, e com a maior naturalidade! 

Entretanto, esta crença é uma “casta de demônios”, pois, deste erro básico de se aceitar “outro plano”, ao lado do Reino de Deus, ramificam-se inúmeras outras crenças menores, todas colocando o homem fora da Realidade divina, admitindo-o separado de Deus! 

Além disso, nega a Onipresença de Deus e de Sua perfeição infinita em expressão! 

Enquanto for aceito que “há vida” na matéria, ou em supostos “planos de existência”, a ILUSÃO estará presente como se fosse realidade!

Assim disse Mary Baker Eddy: A renúncia a tudo o que constitui o assim-chamado homem material, e o reconhecimento e a consecução de sua identidade espiritual como Filho de Deus, é a Ciência que abre as comportas do céu, de onde o bem flui a todos os canais do ser, limpando os mortais de toda impureza, destruindo todo sofrimento, e demonstrando a verdadeira imagem e semelhança”. Repetiu, com suas palavras, o que Jesus já havia colocado como base do conhecimento da Verdade: a negação de si mesmo, pela crucificação do ego, para, desse modo, fazer-se a “ascensão ao Pai”, ou seja, uma pura e total identificação com Deus e com a Mente de Cristo.

Medite e contemple a Verdade de que “este mundo já está vencido”! 

E vencido pelo Eu Perfeito que está manifesto como o seu próprio Ser! Não medite levando lembranças de “planos existenciais” ilusórios! 

Reconheça estar no Reino de Deus, aqui e agora! Esta é a Verdade Absoluta!

Quando você erradica a “casta” que o induz a crer em “planos de existência”, você fica unicamente com o PLANO ABSOLUTO E ÚNICO, com o CRISTO sendo tudo em VOCÊ e EM TODOS! E terá conhecido a UNIDADE PERFEITA revelada por Jesus!

Não existem “planos de existência”, a não ser como ILUSÕES da mente mortal! 

UNICAMENTE O REINO DE DEUS É REALIDADE! 

E ESTE CONHECIMENTO É O QUE O FAZ SE VER EM DEUS, E SENDO DEUS, COMO O SER QUE JAMAIS NASCE, JAMAIS SE MODIFICA, JAMAIS SOFRE E JAMAIS MORRE!








GRATIDÃO AO MEU AMIGO DÁRCIO

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

A Ilusão Aparece Como Mundo Material!



Após árdua busca pela Verdade, Sidarta Gautama, o Buda, em meditação profunda, teve finalmente a revelação gloriosa: não existe mundo material, com seus problemas, doenças e mortes! Tal mundo é uma ILUSÃO! Não tem autoria, não tem substância, não tem realidade!

Séculos depois, veio Jesus, dizendo ter vindo “para dar testemunho da Verdade”; e, desse modo, repetindo a revelação de Buda, confirmou ser “este mundo” um “mundo do pai da mentira”, determinando que a humanidade deveria “vencer este mundo”, pelo conhecimento da Verdade: já estamos num Reino iluminado, de infinitas dimensões, em que Deus é TUDO, e em que esta totalidade abrange o nosso ser real, na plenitude de sua glória!

Em vista destas revelações, os ensinamentos espirituais adotaram os verbos “despertar” e “renascer”, ambos com o sentido de que as pessoas parassem de se ILUDIR com IRREALIDADES e passassem a desfrutar a Verdade Absoluta: DEUS É TUDO! A PERFEIÇÃO É TUDO! INCLUSIVE O HOMEM!

Que objetiva este “despertar”, ou este “renascer”? OBJETIVA DESMANTELAR A FALSA EXISTÊNCIA! REVELAR O QUE É, PRESENTE E DE MODO PERFEITO, ONDE APARENTA EXISTIR O QUE “NÃO É”!

A suposta “mente”, que induz as pessoas a crerem na ILUSÃO, no Budismo foi chamada de “mente em ilusão”, uma “ladra”, uma embusteira que, lançando suas “imagens hipnóticas”, leva a humanidade a crer em “nascimentos, problemas e mortes”, mesmo estando toda ela na gloriosa, amorosa e iluminada SUBSTÂNCIA DIVINA! 
No Cristianismo, foi chamada de “mente carnal”, a “inimizade contra Deus”, por mostrar um mundo que Deus desconhece e, com ele, fazer a humanidade de escrava de puras “imagens hipnóticas”!

Assim, tanto os ensinamentos de Buda como os de Jesus se mostraram coincidentes, reveladores da “libertação dos cativos”, que eram os submissos a puras “imagens mentais” inconsistentes! Imagens sem realidade, sem vida, sem substância, sem fundamento espiritual, razão pela qual foram comparadas com meros “sonhos” ou “pesadelos”.

Desse modo, a humanidade foi abençoada por esta tremenda revelação: A ILUSÃO APARECE COMO MUNDO MATERIAL! 

A partir dela, cada um deveria aceitá-la, “vencer o mundo”, livrar-se da mentira, vivenciar a Verdade e se ver LIVRE!

Entretanto, estas revelações libertadoras, após serem propagadas pelo mundo, encontraram uma “barreira”: o “eu” da ILUSÃO! 

Este “eu”, se mostrando desejoso” de “se iluminar”, fez, de sua ilusória “presença”, o grande inimigo do homem! Não aceitou “sumir”! Só aceitou se dizer “buscador da Verdade”, “praticante da Verdade”, etc., mas evitando, com unhas e dentes, sua total e necessária anulação! 

Desse modo, este “eu ilusório”, apegado à “ilusão aparecendo como mundo”, em tal mundo da mentira se estabeleceu, sempre se fazendo de desentendido, diante das revelações que determinam o seu “sumiço”, sua “rendição à Verdade”, o seu “dobrar de joelhos”, a sua “entrega” em reverência ao EU BÚDICO, ou ao CRISTO – à VERDADE ETERNA QUE CONSTITUI A REALIDADE DE SUA EXISTÊNCIA!

Enquanto este “eu ilusório” não for EXTINTO, enquanto sua “vida falsa” não for DESMANTELADA, enquanto o seu “apego” às “miragens fenomênicas” não ceder à plenitude do NIRVANA, ou do REINO DIVINO, viverá ele em seus “sonhos e pesadelos”, fugazes e fúteis, desfrutando do que, para ele, é “bem verdadeiro”, e sempre fugindo do que, para ele, é “mal a ser evitado”, até que veja todo o seu “amado mundo” virar “nada”!

Enquanto isso, A VERDADE, QUIETA E SILENCIOSA, FICARÁ À SUA ESPERA, assim como o pai, da Parábola do Filho Pródigo – AMOROSA E PACIENTEMENTE PERMANECEU À SUA ESPERA, ATÉ QUE ELE SE DECIDISSE, DE FATO, POR VOLTAR AO SEU VERDADEIRO LAR.










GRATIDÃO AO MEU AMIGO DÁRCIO


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

A ILUSÃO DO "BUSCAR" OU DO "ALCANÇAR"





Apesar de ser extremamente enfatizada a premissa básica do estudo absoluto da Verdade, DEUS É TUDO, TUDO É DEUS, a humanidade está saturada da CRENÇA de “viver fora de Deus”, e esta ILUSÃO é encontrada sob diversas formas nos variados ensinamentos existentes. 

Como o linguajar do mundo é limitado, incapaz de traduzir com fidelidade algo de natureza transcendental, pode ele, em muitos casos, mais atrapalhar do que ajudar, quando o assunto é percepção espiritual.

Não existe “mundo material” - ESTAMOS EM UM UNIVERSO ESPIRITUAL AQUI E AGORA! Enquanto esta ILUSÃO for mantida sem ser desmantelada, os verbos “buscar” ou “alcançar” irão se mostrar tendo algum sentido. 

E é quando lemos que “devemos buscar o Reino de Deus”, ou que “devemos alcançar o Nirvana”, como se já não estivéssemos neles! 

Os verbos “buscar” ou “alcançar”, na verdade, significam “perceber”, ou seja, o cristão deve “perceber” que já está no Reino de Deus, o budista deve “perceber” que já está no Nirvana. E tal “percepção” já É!

A ilusão chamada “mundo material” é gerada pela ilusória “mente humana”, chamada de “inimizade contra Deus” pelo apóstolo Paulo, e chamada de “ladra” por Buda. 

Esta suposta mente humana aparenta roubar-nos a “percepção da Verdade”, por nos entreter com suas “imagens fantasiosas”!  

Porém, este “roubo” é irreal, uma vez que NADA INTERFERE OU PODE INTERFERIR NA MENTE UNIVERSAL ABSOLUTA QUANTO À SUA FACULDADE DE PERCEBER CORRETAMENTE A VERDADE!

Esteja alguém “sonhando” ou não com “mundo material”, há, nele, a CONSCIÊNCIA ILUMINADA INCÓLUME, DISCERNINDO O UNIVERSO ESPIRITUAL DA REALIDADE! Este é o fato principal a ser notado e reconhecido, para ser entendido o emprego da premissa básica!

A MENTE EM ILUSÃO NÃO É A NOSSA MENTE, ENQUANTO A NOSSA MENTE JAMAIS CAI EM ILUSÃO!

O conhecimento destes princípios deixa claro o motivo pelo qual sempre é dito para fazermos as “contemplações da Verdade” já a partir da Mente do Absoluto, sem levarmos em consideração a ilusória “mente humana” e suas imagens fraudulentas, sejam elas boas ou más.

A Experiência de Deus é Fato onipresente, que já nos inclui a todos! NADA HÁ, SENÃO DEUS! 

Portanto, sempre que encontrar os verbos “buscar” ou “alcançar”, mude o referencial para o REFERENCIAL ABSOLUTO: TUDO JÁ É – AQUI E AGORA! 

Desse modo, VOCÊ ESTARÁ EM AUTOCONTEMPLAÇÃO: 
EU SOU DEUS, CONTEMPLANDO A MIM MESMO COMO TUDO! 















Gratidão AO MEU AMIGO DÁRCIO 




terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

A ILUSÃO APARECENDO COMO BUSCADORES DA VERDADE







Há pessoas que estranham, quando ouvem que o ensinamento absoluto não aceita “buscadores de Deus”. Esta crença falsa, tão arraigada como coerente e natural, é totalmente sem fundamento espiritual genuíno! 



Para isto ficar claro, imaginemos que o Universo fosse formado unicamente de água; teria sentido alguma de suas gotas passar o tempo todo “buscando o oceano”? Não é o mesmo que fazem os que se intitulam “buscadores de Deus”?

A partir do momento em que os princípios espirituais revelam a Natureza de Deus como TUDO, e “o homem à Sua imagem e semelhança”, quem se conservar como “buscador de Deus” estará unicamente fomentando a ILUSÃO de que está separado de Deus – o que é uma impossibilidade. 

Além disso, estará aparentemente dando alimento ao ilusório “ego”, para que ele, “orgulhosamente e bem nutrido”, se intitule “buscador de Deus”.

DEUS É TUDO, e o modelo de nossa aceitação está na frase de Jesus” “Aquele que me vê a MIM, vê O PAI”. 

Quando falamos sobre esta Visão, nem de longe falamos de “visão humana”! 

Não existe o suposto “mundo visto por olhos humanos”. Entender que não há “buscadores da Verdade”, equivale a se fazer a identificação total com “olhos que veem”, que são a Visão de Deus em Autocontemplação. 

Onde aparenta haver um “buscador de Deus”, desde sempre está Deus, e cada um de nós, como Filho de Deus, “contribui” para esta Onipresença divina SER! 

Porém, se for reconhecido um “buscador da Verdade”, esta ILUSÃO gerará a “crença em dualidade”, a “crença em separatividade”, a “crença em futuro Reino de Deus”, etc., ou seja, gerará a “legião de demônios” – aglomerado de falsas crenças – que somente expulsamos com “jejum e oração”.

Como expulsaríamos uma “legião de sombras”? 
ACENDENDO A LUZ!  


“Colocai a vossa Luz no alto”, disse Jesus. 

Medite e contemple dedicadamente a Natureza de Deus como LUZ ONIPRESENTE! 

CONTEMPLE-SE INCLUSO E SENDO ESTA LUZ! 

Estará “jejuando” da inexistente matéria, estará “orando”, e “expulsando” a “casta” de escuridão.

Dedique-se, principalmente, a “expulsar o buscador da Verdade”. 

Vivencie a Realidade, aqui e agora, expulsando tal “buscador”, que passa a vida toda “separado de Deus”, sempre dizendo estar a “buscá-Lo”! 
Apenas se entulha de palavras da Verdade sem “negar-se a si mesmo”, para que O ESPÍRITO DE DEUS seja percebido nele próprio como já presente!

Contemple sua UNIDADE PERFEITA com Deus, assim como “a gota e o oceano são um”! 

Não existe matéria! 

Portanto, não é preciso ficar recitando sem parar que “a matéria não existe”! 

Saiba disso reconhecendo a Presença de Deus como ESPÍRITO ONIPRESENTE! 

Jesus disse: “Deus é Espírito!” E sendo TUDO, aqui e agora, Deus já É o “seu” ESPÍRITO, o “seu” EU – que existe eternamente sem que exista “qualquer outro” para se intitular “buscador”. 

Não há “buscadores de Deus” em Sua Onipresença!











Gratidão ao meu Amigo Dárcio

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

A ILUSÃO APARECENDO COMO MESTRES






Acreditar que a ILUSÃO nos apresenta “outro mundo” ou “outro ser”, de natureza material, é o erro cometido por muitos que dizem aceitar que DEUS É TUDO. 

Quando lemos na Bíblia Jesus dizendo: “O meu reino não é deste mundo”, rapidamente a suposta “mente carnal/humana” aparece para se apresentar com o seu suposto “outro mundo”, e para iludir e DISTORCER a revelação absoluta. 

Se alguém entender que Jesus estava dizendo existir o REINO DE DEUS e, igualmente, existir “OUTRO MUNDO” , estará entendendo que ILUSÃO SEJA MUNDO, ou seja, que o “MUNDO DO PAI DA MENTIRA - da matéria” SEJA MUNDO REAL!

Somente existe Deus, o Reino de Deus, a Mente de Deus! 


Que são os chamados “mestres” ou “mensageiros da Verdade”? 
São a ILUSÃO aparecendo como “mensageiros”, e mais nada.

Quando as Escrituras dizem que “Jesus abriu mão de sua divindade e habitou entre nós”, estão revelando que ele se tornou “visível” aos sentidos humanos para, na CRENÇA FALSA - NA MATÉRIA, explicar como a humanidade pode se livrar dela. 

Por isso ele, ciente de estar visível, dizia: “De mim nada sou e nada faço, o Pai em mim faz as obras”, e é também pelo mesmo motivo que não aceitou ser chamado de “Bom Mestre”, dizendo: “BOM SÓ HÁ UM, QUE É DEUS!” 

Enquanto alguém não PERMANECER no Referencial Absoluto, que é o da Verdade de que DEUS É TUDO, será ILUDIDO pelo “mundo do pai da mentira - material”, em que se enxerga com seus mestres e reveladores da Verdade sendo encarados como realidades! 

Com isso, somente se achará sendo um dos chamados “buscadores da Verdade”, em vez de SER A VERDADE; será meramente uma “enciclopédia ambulante” de conceitos espirituais, chamados por Paulo apóstolo de“doutrinas várias e estranhas”. 


E será dessa forma que a ILUSÃO permanecerá, seu “homem natural-carnal” igualmente permanecerá, com o título de “buscador da Verdade”, enquanto à Verdade, somente “um dia” ele chegará.

O ensinamento absoluto parte da TOTALIDADE E UNICIDADE DE DEUS, como Jesus partia! 

Parte da Verdade de que BOM SÓ HÁ UM, QUE É DEUS! 

E, desse modo, revela que VOCÊ, ASSIM COMO JÁ É, VISTO COM “OLHOS BONS”, COMO DISSE JESUS, É LUZ! 

A LUZ ONIPRESENTE QUE DEUS É! JAMAIS BUSCA OU ACHA A VERDADE! JÁ É A VERDADE!

A única diferença entre um “mensageiro da Verdade” e o povo que o recebe e ouve, é que ele é Deus, e sabe que é Deus, enquanto o povo é Deus, mas não sabe que é Deus. Sathya Sai Baba costumava dizer isto! 

Por isso, todos os mensageiros se igualam ao povo, sem jamais se colocarem em posição superior. A recíproca, porém não é verdadeira, ao menos como maioria! 

E se a minoria se apresentar diante da maioria, dizendo ser Deus, somente será desacreditada ou até mesmo alvo de zombaria! 

Para a maioria, há “escolhidos de Deus”, há “pessoas iluminadas”, há Deus enviando mensageiros, etc.. QUAL É A VERDADE? O APÓSTOLO PAULO DEIXOU-A BEM CLARO: “CRISTO É TUDO EM TODOS” (Col. 3: 11).

Enquanto alguém acreditar ser “menos Filho de Deus” do que algum mensageiro, estará, com sua idolatria, negando toda a sua mensagem! 

Mas quando entender que O CRISTO É TUDO EM TODOS, como Paulo revelou, achará o Cristo sendo TUDO em SI MESMO, e o mensageiro, seja ele qual for, terá cumprido a finalidade de sua pregação.












Gratidão ao meu amigo Dárcio